O médio senegalês Habib, titular dos "estudantes" em todas as provas, disse hoje que a Académica é favorita na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, frente ao Oriental, mas tem que o provar em campo.

«Acima de tudo, temos respeito pelo Oriental. As pessoas podem-nos considerar favoritos, porque jogamos na primeira divisão e eles na segunda divisão, mas o favoritismo prova-se dentro de campo. É aí que temos de dar tudo, estar concentrados e, acima de tudo, encarar o jogo com a máxima seriedade», começou por dizer o "trinco", em declarações ao site oficial da "Briosa".

O médio reiterou que os "estudantes" querem chegar o mais longe possível na Taça de Portugal e lembra as conquistas históricas que a "Briosa" já atingiu na competição, exemplificando com a meia-final do ano passado frente ao Vitória de Guimarães.

«A Académica tem uma grande história nesta competição. Venceu a primeira Taça de Portugal e esse foi um momento muito bonito para o clube. O ano passado estivemos perto de chegar à final e o que realmente pretendemos é que os adeptos se sintam orgulhosos com a nossa prestação na Taça», acrescentou.

Habib está a cumprir a sua segunda temporada na Académica e está muito feliz com a experiência, até porque está a representar «um clube sério, organizado e que sabe bem o que quer».

A Académica começou hoje a preparar a receção ao Oriental com duas ausências: a do internacional sub-21 Cédric Soares e a de Diogo Gomes, a recuperar de lesão.

Ao invés, Pedro Emanuel já contou com o lateral esquerdo cabo-verdiano Nivaldo e com o avançado moçambicano Jerry Sitoe, sem limitações.

O jogo com o Oriental tem lugar pelas 15:00 de domingo no Estádio Cidade de Coimbra, em embate da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.