Os Dragões iniciam a defesa do título da Taça de Portugal este domingo com o Anadia, neste que será o segundo embate da história entre os dois conjuntos. O jogo da Taça antecede o clássico no Dragão diante do Benfica para a I Liga, num jogo onde a liderança da prova estará em jogo.

As atuais detentores do troféu vão defrontar o atual oitavo classificado da Série A da Liga 3, equipa que chega a esta eliminatória depois de ultrapassar o Fafe (2-1) , um adversário que milita na mesma série do terceiro escalão.

Momento das equipas

O FC Porto chega a este jogo embalado por quatro vitórias seguidas. Além dos dois triunfos diante do Bayer Leverkusen na Champons, os Dragões golearam o SC Braga (4-1) e venceram ainda o Portimonense, numa série onde só sofreram um golo e marcaram 11.

Já o Anadia vem de um triunfo (1-) diante do Canelas, depois de ter afastado o Fafe (2-1) da Taça. Nos seis jogos oficiais disputados esta época, o Anadia somou três vitórias, um empate e duas derrotas (com Länk Vilaverdense e Varzim na Liga 3).

Para esta primeira aparição dos Dragões na prova rainha do futebol português, Sérgio Conceição deverá dar minutos a jogadores menos utilizados, fazendo descansar as principais peças para o duelo com os Encarnados no Dragão na próxima sexta-feira.

Fotos da Semana: 07 a 14 de outubro
Jogadores do FC Porto festejam golo diante do Bayer Leverkusen créditos: EPA

Depois do duelo intenso no BayArena onde os campeões nacionais derrotaram o Bayer Leverkusen, na 4.ª ronda da da Liga dos Campeões (duas vitórias e duas derrotas na prova), Sérgio Conceição deverá mexer em todos os sectores.

Assim, Cláudio Ramos deverá ser o guarda-redes, Manafá poderá ser o lateral direita e voltar a um posto que já ocupou. O ex-Portimonense recuperou de uma grave lesão, já fez alguns jogos na equipa B e está pronto a ser lançado de novo para ganhar ritmo, a não ser que o técnico prefira Rodrigo Conceição.

Wendel ocupará a lateral esquerda, e no meio da defesa, Marcano deverá ter a companhia de João Marcelo. Com Pepe lesionado, o técnico deverá poupar David Carmo e Fábio Cardoso para o duelo com o Benfica.

Leia também:

Os jogos e os horários da terceira eliminatória da Taça de Portugal

Tomba-gigantes: Dez momentos em que 'David' se impôs a 'Golias' na Taça de Portugal

No meio-campo Grujic ocupará o lugar de Uribe e Bruno Costa ou André Franco estarão do seu lado, numa equipa que poderá ter ainda alguns dos jovens da equipa B: Bernardo Folha ou Vasco Sousa. Nas alas, os jovens Gonçalo Borges e Namaso podem ser alternativas a Galeno e Pepê e, na frente, Toni Martinez deverá ser aposta, no onze que deverá contar com o jovem Gabriel Veron.

Histórico: Da única vez que se defrontaram os Dragões não tiveram piedade

No histórico de confrontos entre os dois emblemas, conta-se apenas um encontro, disputado há 50 anos. Os portistas afastaram os anadienses nos 16 avos de final da Taça, ao golearem por 8-0, na temporada 1971/72, com golos de António Lemos (14 e 54), Pavão (19), Flávio Minuano (21, 63 e 72), António Oliveira (49) e Gualter (85).

Nesse jogo, o FC Porto, treinado pelo brasileiro Paulo Amaral, entrou com Rui Teixeira; Jacinto, Gualter, Leopoldo e Rolando; António Oliveira, Pavão e Lemos; Flávio, Costa Almeida e Miglietti. Jogaram ainda Seninho e Bené.

Nesse ano, os Dragões viriam a cair nas meias-finais da prova, eliminados pelo Benfica por 6-0, depois de eliminarem Farense e Atlético.

O que dizem os treinadores

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto: "É um jogo de Taça. Temos de estar atentos, fizemos a análise ao adversário como se fosse um de Liga dos Campeões. Partindo dessa base e havendo essa humildade, as coisas poderão ser mais fáceis".

Rui Borges, treinador do Anadia: "Tenho a certeza que eles têm personalidade para jogar um jogo destes e é isso que lhes vou pedir. É personalidade, ter qualidade com a bola, não terem medo quando a tiverem, porque o nosso registo, e o que nos trouxe até aqui foi uma eliminatória em Fafe muito difícil"

O duelo entre o FC Porto e o Anadia, marcado para às 20h45 deste domingo no Estádio Municipal Engenheiro Sílvio Henriques Cerveira, na Anadia.

O encontro será comandado pelo jovem árbitro Miguel Nogueira, de 28 anos. O juiz da Associação de Futebol de Lisboa terá Rui Cidade e Nuno Pires como árbitros assistentes, Bruno Vieira será o quarto árbitro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.