O despedimento de Lopetegui é dado como certo, mas o FC Porto ainda não o oficializou.

Na última conferência de imprensa, e após o empate com o Rio Ave a um golo, o espanhol deixou claro que não se demitia e assumiu todas as responsabilidades do momento que a equipa atravessava.

“Sou treinador, sou profissional, o meu trabalho não é fácil. Todas as épocas há momentos duros e este é um deles. O rumo que marca o meu trabalho e a minha maneira de ser é amanhã levantar-me com muita força para preparar o jogo seguinte, não pode ser de outra maneira”, deixou claro.

O espanhol afirmou ainda que o presidente Pinto da Costa não tem qualquer problema com ele, e terminou de forma contundente.

“Sou treinador para superar estes momentos”, finalizou.

O espanhol foi contratado há um ano e meio pelo FC Porto.

Nesta altura, a equipa encontra-se no segundo lugar do campeonato, a par do Benfica, a quatro pontos de distância do líder Sporting.

Esta época, o FC Porto não conseguiu superar a fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo sido relegado para a Liga Europa.

Na Taça de Portugal, os azuis-e-brancos estão nos quartos-de-final e defrontam o Boavista no dia 13 de janeiro.

Veja o vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.