Paulo Oliveira reconheceu que o Sporting não fez um grande jogo frente ao Vizela. O defesa central até marcou no jogo mas admite que os "leões" podiam ter feito mais face a um adversário que milita no Campeonato Nacional de Seniores.

"Sabíamos que era um jogo de Taça, atingimos o objetivo mínimo mas temos consciência de que não fizemos uma exibição consistente e que em nada nos pode satisfazer. Fica a passagem mas temos de trabalhar a um nível alto para continuar a corresponder. Temos consciência de que temos de fazer mais. O Vizela encheu os adeptos de orgulho e representou muito bem o concelho de Guimarães. Jogaram olhos nos olhos e com a motivação no máximo", elogiou o defesa, que já pensa no jogo com o Nacional.

"Vamos encarar esse jogo com a máxima seriedade e com níveis máximos de motivação para continuar a nossa caminhada na Liga. Distância para o topo? É óbvio que gostaríamos de estar mais acima na classificação", atirou.

O Sporting venceu o Vizela por 3-2 e passou aos quartos-de-final da Taça de Portugal. No domingo defronta o Nacional na Madeira, em jogo da I Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.