O FC Porto, o único dos três ‘grandes’ que ainda resiste na Taça de Portugal em futebol, procura hoje reeditar o triunfo obtido há três dias sobre o Boavista, no dérbi portuense dos quartos de final da prova.

Os ‘dragões’, que não conquistam o título desde 2011, golearam a equipa boavisteira, por 5-0, no domingo, em jogo da 17.ª jornada da I Liga, o primeiro depois da saída do treinador espanhol Julen Lopetegui, com o adjunto Rui Barros no comando técnico interino.

Com as eliminações prematuras do Sporting, detentor do troféu e líder isolado do campeonato, e do Benfica, o Sporting de Braga, finalista vencido em 2015, é outro forte candidato a marcar presença no Estádio Nacional, mas terá antes de afastar nos ‘quartos’ o Arouca.

O confronto entre o quarto e sétimo colocados do escalão principal coloca frente-a-frente duas equipas com diferentes estados de espírito: no fim de semana, os minhotos deixaram escapar uma vantagem de 2-0 e perderam por 3-2 em Alvalade, enquanto o Arouca obteve um empate moralizador (2-2) no estádio do Vitória de Guimarães.

O Rio Ave, sexto classificado da I Liga, e o Estoril-Praia, 11.º posicionado, protagonizam outro embate entre primodivisionários, enquanto o Gil Vicente, único ‘sobrevivente’ dos escalões secundários (quinto na II Liga), tenta continuar a provocar surpresa, quando receber o Nacional, 13.º do campeonato principal.

- Programa dos quartos de final da Taça de Portugal:

Gil Vicente (II) – Nacional (I), 16:00

Rio Ave (I) – Estoril-Praia (I), 16:30

Sporting de Braga (I) – Arouca (I), 18:30

Boavista (I) – FC Porto (I), 20:30

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.