Carlos Carvalhal assinou contrato apenas até final da época, mas desvalorizou a curta duração do vínculo. "Não aumenta a pressão, aumenta a responsabilidade de mostrar que se tem capacidade de liderar este projecto e por isso assinei de cruz”, disse o técnico leonino na primeira conferência de imprensa enquanto técnico do Sporting.

Carlos Carvalhal, que chegou aos leões há cerca de uma semana, diz que é “o escolhido” e minimizou o facto de nunca se ter falado no seu nome e em outros, para substituir Paulo Bento. “Em cada lugar aparecem sempre 10 nomes. E sei, por experiência, que 80 ou 90 por cento é especulação. Não sei se fui a primeira ou segunda escolha, sei é que sou o escolhido e que me reconheceram competência”, frisou o técnico leonino.

Além disso, fez questão de sublinhar que é um “treinador com tarimba”. "Chego ao Sporting com pontos altos na carreira que nos últimos anos nenhum treinador português que chegou a um grande alcançou”. Sobre as exigências do presidente José Eduardo Bettencourt, Carvalhal revela que o líder apenas lhe pediu para “ganhar jogos e pôr a equipa a vencer”.

Com o clube de Alvalade a meio da tabela classificativa, Carlos Carvalhal não dá muita importância, para já, querendo fixar-se na partida de amanhã, frente aos Pescadores da Costa de Caparica, no Restelo, para a quarta eliminatória da Taça de Portugal. “O importante é o jogo amanhã e no final do campeonato vamos ver o que conseguimos”, sublinhou.

Se Paulo Bento ficou conhecido pelo 4x4x2 losango, o novo técnico mostrou que vem para fazer algumas alterações ao sistema táctico, treinando os jogadores para o 4x3x3. “As equipas devem ter capacidade para se ajustar a sistemas dois diferentes. Há um  que eles dominam, vamos trabalhar num alternativo”, esclareceu, acrescentando que encontrou “o plantel motivado”.

Quanto a reforços na reabertura do mercado de Inverno, em Janeiro, Carvalhal referiu que não se falou disso, ainda. “Não falei com o presidente sobre isso. Se existir necessidade de um ou outro, há essa disponibilidade. Mas ainda estou a avaliar os jogadores que temos”, disse.

Para o encontro com os Pescadores, o treinador já vai poder contar com Caneira, Abel e Pereirinha, recuperados das lesões, bem como de Vukcevic. No treino de hoje, apenas André Marques e Yannick Djaló estiveram ausentes, enquanto Izmailov continua a treinar sem limitações, mas ainda sob vigilância médica.

Ausente amanhã por castigo vai estar Daniel Carriço.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago.
Defesas: Pedro Silva, Polga, Abel, Tonel, Caneira, Grimi.
Médios: Adrien Silva, Vukcevic, Miguel Veloso, Pereirinha e João Moutinho.
Avançados: Saleiro, Caicedo, Hélder Postiga e Liedson.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.