O colombiano concretizou da melhor forma uma boa jogada de Bellusch, ao minuto 75. O argentino fez um remate fantástico, Tigrão opôs-se, mas não contava com a recarga de Falcao, que assim colocou o detentor do troféu nos “oitavos”.

O Moreirense, que criou em sua casa muitas dificuldades aos dragões, que não estavam assim tão desfalcados dos seus bons jogadores, teve uma boa oportnidade de golo aos 64 minutos. Emidio Rafael calculou mal e permitiu a Renato Santos tentar a sua sorte, num remate forte, mas por cima da barra.

Na primeira parte, Belluschi esteve em destaque, tendo-lhe pertencido as duas melhores ocasiões de golo, bem combinadas com Walter.

Aos 42 minutos, Belluschi tabelou com Walter já na área, conseguindo ganhar espaço, mas o remate saiu ao lado e pouco depois, arrancou desde o meio campo, combinou com Walter e, já na área, chutou a rasar o poste esquerdo de Tigrão.

O FC Porto segue, então, na luta pela revalidação do troféu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.