Com dois golos marcados na segunda parte, o Estoril Praia operou hoje uma reviravolta perante o Mafra (2-1) e qualificou-se para os oitavos de final da Taça de Portugal em futebol.

A boa condição do Mafra, sétimo classificado da II Liga, foi tida em consideração pelo Estoril Praia, que apenas operou duas alterações no ‘onze’ que habitualmente tem alinhado na I Liga, lançando o guarda-redes Dani Figueira e o defesa Raúl Parra.

O emblema mafrense apresentou um ‘onze’ praticamente na sua máxima força, promovendo apenas uma troca relativamente ao alinhamento apresentado no último encontro realizado no segundo escalão, a entrada de Balbúrdia para o lugar de Chriso.

A partida começou em registo equilibrado até que Alejandro Marqués esteve muito próximo de marcar pelo Estoril Praia, aos oito minutos, tendo atirado ao poste.

Do outro lado, o Mafra revelou-se bem mais eficaz na sua primeira ocasião de perigo, na qual Andreas Nibe, já no interior da área, assistiu Diogo Almeida, que inaugurou o marcador, aos 28 minutos.

As duas equipas voltariam a estar próximas de marcar com uma oportunidade para cada lado até intervalo e, no regresso, o Estoril voltou dominante e igualou o resultado aos 51 minutos, graças a recuperação de bola de Mateus Fernandes, seguida de assistência precisa para o remate rasteiro e colocado de Heriberto Tavares.

O Estoril Praia exerceu maior domínio a partir daí, mas de forma pouco esclarecida num primeiro momento, até que Vasco Seabra recorreu ao banco de suplentes e, aos 71 minutos, lançou Rafik Guitane e Cassiano, que, aos 82, protagonizaram o golo que permitiu aos ‘canarinhos’ alcançaram a reviravolta.

O francês cruzou de pé esquerdo da direita para a impulsão do atacante brasileiro, que cabeceou para o 2-1 e encaminhou o emblema da Linha de Cascais para o triunfo, dado que nos minutos finais os mafrenses procuraram aproximar-se da baliza contrária, mas sem sucesso.

Ficha de jogo

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

Estoril Praia – Mafra, 2-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Diogo Almeida, 28.

1-1, Heriberto Tavares, 51.

2-1, Cassiano Dias, 82.

Equipas:

– Estoril Praia: Dani Figueira, Raúl Parra (Eliaquim Mangala, 90+1), Pedro Álvaro, Bernardo Vital, Rodrigo Gomes (Koba Koindredi, 90+1), Jordan Holsgrove, Mateus Fernandes, Tiago Araújo, Heriberto Tavares (Wagner Pina, 79), João Marques (Rafik Guitane, 71) e Alejandro Marqués (Cassiano Dias, 71).

(Suplentes: Marcelo Carné, Volnei Feltes, Eliaquim Mangala, Alex Soares, Wagner Pina, Koba Koindredi, Rafik Guitane, João Carlos e Cassiano Dias).

Treinador: Vasco Seabra.

– Mafra: André Paulo, Gui Ferreira (Texel, 90+2), Ousmane Diao, Pedro Barcelos, Bak, Balbúrdia (Chriso, 86), Andreas Nibe, Pedro Bravo, Lucas Gabriel (Rodrigo Matos, 90+2), Mesaque Dju (Moreno, 86) e Diogo Almeida (Jonathan Lind, 90+2).

(Suplentes: Oláfsson, Chriso, Moreno, Lopes, Sturgeon, Gabi, Texel, Jonathan Lind e Rodrigo Matos).

Treinador: Jorge Silas.

Árbitro: Cláudio Pereira (AF Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Marques (24), Tiago Araújo (67) e Balbúrdia (72).

Assistência: 1.254 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.