O Feirense apurou-se hoje para a terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, após ter derrotado o Berço, em Guimarães, por 3-1, numa partida da segunda eliminatória em que os golos aconteceram a partir dos 75 minutos.

Depois de uma primeira parte sem ocasiões de golo, a equipa de Santa Maria da Feira, sexta classificada da II Liga portuguesa, apareceu mais veloz na segunda parte e ‘inaugurou’ o marcador ao minuto 75, quando Feliz ultrapassou Danielson e, isolado, rematou fora do alcance do guarda-redes Luís.

Depois de quase ter marcado num remate de Mota, aos 74 minutos, e num penálti cobrado por Halef Pitbull, que Bruno Brígido defendeu, aos 78 minutos, a turma minhota, 13.ª classificada da Série A do Campeonato de Portugal, ainda igualou num livre direto de Welton, em que o guardião ‘fogaceiro’ poderia ter feito mais, ao minuto 86.

A equipa treinada por Filipe Martins evitou, contudo, o prolongamento, com os golos de Christian, que respondeu a um livre de Fábio Espinho com um cabeceamento certeiro, ao minuto 88, e de Nsor, com um desvio junto à pequena área, no último lance da partida, aos 90+4.

A melhoria dos visitantes no segundo tempo acabou por fazer diferença, após uma primeira em que o conjunto do terceiro escalão teve até mais bola, mas foi sempre inconsequente nos momentos em que chegava à área contrária.

O Feirense circulou a bola com mais paciência, mas dependeu quase sempre de Boupendza para ameaçar a baliza contrária, antes de ter resolvido o encontro na fase final: depois de um remate certeiro, mas em fora de jogo, aos 23 minutos, o avançado gabonês quase marcou aos 48, num cabeceamento ao lado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.