A final da Taça de Portugal, entre o Benfica e o SC Braga, também não terá público nas bancadas, confirmou o Governo.

"Diria que não haverá condições porque fomos muito claros na abertura à Primeira Liga. Já fizemos testes-piloto, em vários jogos, correu bem e a ideia era ter testes-piloto nesta última jornada para dar um sinal que poderemos ter público no ano que vem. A Liga não considerou assim […] Foi uma decisão colocada em cima da mesa e queríamos dar exemplo. Os clubes estão há mais de um ano a ser penalizados com esta tragédia. Acredito que vamos começar a próxima edição da Liga com público nos estádios", disse João Paulo Rebelo,  Secretário de Estado da Juventude e Desporto.

Estas declarações foram feitas à margem de um evento alusivo ao centenário do SC Braga, um dos finalistas da prova. O governante foi ainda confrontado com o facto de a final da Liga dos Campeões, entre o Chelsea e Manchester City,  que se vai realizar no Estádio o Dragão, no Porto, ter público.

"São coisas completamente diferentes, uma organização da UEFA, os adeptos serão controlados e o aspeto económico e social não pode ser descartado. Há um protocolo rigoroso e estamos a fazer tudo para que na próxima época se inicie normalmente", justificou.

Benfica e SC Braga disputam a final da Taça de Portugal este domingo, 23 de maio, num jogo agendado para às 20h30 no Estádio Municipal de Coimbra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.