O presidente do Gafanha, João Paulo Ramos, explicou que o clube do distrito de Aveiro ainda não sabe se o FC Porto irá ceder a sua parte da receita relativa ao encontro da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Segundo noticia o Record, o valor em causa ronda os 25 mil euros, o que corresponde a um terço da receita total referente ao encontro que terminou com uma vitória por 3-0 dos 'dragões'. João Paulo Ramos diz que este valor "viria na altura certa" para o Gafanha.

A equipa que atua no Campeonato Nacional Prio assumiu a responsabilidade da organização da partida no Estádio Municipal de Aveiro, tendo por isso tido despesas acrescidas. Por esta razão, João Paulo Ramos defendeu, em declarações ao Record, uma mudança no modelo de distribuição das receitas.

"Se na 3ª eliminatória os clubes da 1.ª Liga são obrigados a jogar fora, então as receitas deveriam ser na íntegra para as equipas da casa, pois seria uma forma de ajudar e melhorar também o futebol não-profissional", realçou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.