“Não senti que a vitória pudesse fugir depois de termos marcado um golo cedo. Mas quero deixar uma palavra ao Paços de Ferreira, pela dignidade e organização esplêndidas com que jogou. Sabia como tinha de jogar para retirar-nos os espaços”, afirmou Jesualdo, em declarações à TVI.

“Não valorizamos convenientemente esta vitória, que é justa apesar de termos desperdiçado várias ocasiões de golo. Paços deu réplica que muitas equipas de outro gabarito não souberam dar”, assinalou.

No final, mencionou que sobre a sua permanência no clube falará ainda hoje na conferência de imprensa, no Estádio do Jamor. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.