Pedro Monteiro (treinador do Mirandela):
«Estava à espera de dificuldades, mas fomos organizados e merecemos esta vitória. Podíamos ter marcado mais um ou outro golo.

Conhé (treinador-adjunto do Vitória de Setúbal):
«Só aparecemos na segunda parte, quando o Mirandela já nos levava 45 minutos de avanço. Nos últimos 14 minutos deitámos tudo a perder com as duas expulsões.»

Paulo Roberto (jogador do Mirandela):
«Ficamos fechados, concentrados durante o jogo todo, em muito sofrimento, mas conseguimos aguentar até ao final do jogo.»

Marco Lança (jogador do Mirandela):
«É o dia mais feliz da minha vida. Entrámos com a máxima vontade para ganhar o jogo.»

Ricardo (guarda-redes do Vitória de Setúbal):
«Custa muito perder assim. O golo sofrido no arranque do jogo resultou de um erro de leitura. O campo estava húmido e muito irregular e a bola em vez de deslizar, parou, e só tinha duas hipóteses ou fazia falta e era expulso ou deixava seguir.»

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.