Estrela da Amadora e Farense protagonizam, na quinta-feira, na Taça de Portugal, um duelo entre emblemas históricos, que têm ‘palmilhado' caminho de regresso ao futebol profissional, depois de várias épocas relegados aos escalões inferiores.

A partida em atraso da terceira eliminatória da Taça de Portugal vai proporcionar uma reedição da final da prova ‘rainha' de 1990, que foi ganha pelos amadorenses, ainda que tenha sido preciso um jogo de desempate (2-0), depois do 1-1 registado na primeira partida.

O último jogo entre Estrela e Farense remonta à época 2002/03, quando ambos estavam na II Liga, precisamente a primeira de 18 seguidas em que os algarvios disputaram um dos escalões inferiores, após a despromoção da I Liga, em 2001/02.

A formação de Faro começou o seu declínio nesse mesmo ano, caindo à II Divisão e, posteriormente, aos distritais, de onde apenas começou a escalar no início desta década, em 2013, com o regresso à II Liga, ainda que, pouco depois, tenha passado dois anos no terceiro escalão, entre 2016 e 2018.

Após uma temporada de consolidação na II Liga (2018/19), o Farense celebrou, na época transata, o regresso aos principais palcos do futebol nacional e voltou a colocar Faro no mapa da I Liga, na qual está a participar pela 24.ª vez na sua história.

Ainda à procura do seu espaço no Campeonato de Portugal, o terceiro escalão do futebol nacional, o renovado Estrela da Amadora tenta seguir os mesmos passos do Farense, depois de anos de declínio e incerteza, que, em 2011, levaram mesmo à extinção do emblema fundado em 1932.

Sem futebol sénior durante oito anos, o ‘desaparecido' Clube de Futebol Estrela da Amadora, que contava 16 presenças na I Liga (a última em 2008/09), deu lugar ao Clube Desportivo Estrela, que, em 2018, recorreu a treinos de captação para formar um plantel e começou a disputar as competições distritais.

Contudo, em julho deste ano, foi aprovada a fusão entre os amadorenses e o Club Sintra Football, que permitiu ao recém-criado Club Football Estrela da Amadora ocupar a vaga dos sintrenses na série G do Campeonato de Portugal - a qual lidera, em igualdade com o Sporting B - e, assim, dar mais um passo no caminho para o topo.

Se o Estádio São Luís, em Faro, já recuperou os jogos de ‘primeira', o José Gomes, na Amadora, vai acolher, na quinta-feira (14:30), um embate entre históricos, na esperança de voltar a ser um recinto da elite nacional a curto prazo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.