Rui Silva, treinador interino do Famalicão, ficou satisfeito pela qualidade evidenciada pelos jogadores apesar da eliminação da equipa da prova. Dedicou ainda a exibição a Ulisses Morais, técnico que abandonou o clube.

Imagem deixada

“Penso que demonstramos que a qualidade evidenciada em jogos de campeonato foi demonstrada neste jogo de Taça [de Portugal]”.

Competitividade e análise da partida

“Na primeira parte conseguimos chegar mais vezes à baliza deles, que eles à nossa. Fomos competitivos do primeiro ao último segundo. Os jogadores entregaram-se até ao último segundo. Tentamos adiar ao máximo o golo e nunca perdendo a baliza de vista. No fim foi pena as oportunidades que tivemos. Perdemos o equilíbrio o que foi perfeitamente normal. Toda a gente ficou orgulhosa e o Ulisses morais [técnico que saiu] também ficou orgulhoso. Quem vier terá todo o nosso apoio".

Exibição motivadora

“Queríamos passar, sabendo da dificuldade. Ficámos com um grupo ainda mais forte”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.