Os ‘encarnados’ vão defrontar uma das três equipas da II Liga, o Leixões, que afastou o Tondela, da I Liga, na última eliminatória, sendo que os ‘leões’ vão jogar com o Desportivo de Chaves, que há duas rondas eliminou o FC Porto.

O sorteio hoje realizado na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os dois ‘grandes’ ainda em prova apenas se poderão defrontar na final, caso cheguem ambos ao Jamor, uma vez que não se podem defrontar nas meias-finais.

Na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Rio Ave para o campeonato nacional, Rui Vitória foi questionado sobre o sorteio, e sobre a possibilidade de o Benfica encontar o Sporting na final do Jamor. O técnico encarnado garantiu apenas que o Benfica vai encarar o jogo dos quartos-de-final com muita ambição, mas escusou-se a tecer comentários sobre a hipótese de disputar uma final de uma prova com várias etapas ainda por ultrapassar.

"Um jogo dos quartos de final da Taça de Portugal que queremos muito vencer contra uma equipa que tem o seu sonho. Temos que ter a máxima competitividade. Estar a falar das meias-finais ou da final é faltar ao respeito ao Leixões e às outras equipas. Não posso pensar em coisas mais além. Sobre o Leixões, na altura devida, falamos", afirmou Rui Vitória.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.