O FC Porto defronta, às 14h30 deste sábado, o Fabril, do Campeonato de Portugal, na terceira eliminatória da Taça de Portugal. Sérgio Conceição sublinhou que não quer ter surpresas, tal como aconteceu com o Sporting na época passada, que foi eliminado pelo Alverca.

"Preparámos o jogo, não a pensar que pode ser uma vitamina ou um suplemento para um ou outro jogador. Preparámos dentro da estratégia definida, para defrontar um adversário do Campeonato de Portugal, e que temos de estar atentos. A Taça, como sabem, é uma prova fantástica, pela qual tenho um carinho muito especial, até pelas surpresas que aconteciam. Não queremos ser surpreendidos com as situações que tantas vezes acontecem nesta prova e queremos revalidar o título", afirmou, esta sexta-feira, em conferência de imprensa no Olival.

Espera-se que Sérgio Conceição utilize jogadores menos rodados na estreia da Taça de Portugal, até porque há um importante jogo da Liga dos Campeões para ser disputado na próxima semana, porém, o treinador diz que é o “treino que dita” quem utiliza.

“Pode haver uma ou outra exceção, mas normalmente funciono dessa forma. Há uma preparação feita para o jogo, e não é meter só os jogadores a treinar. Gosto de utilizar os jogadores que estão nessa preparação. Provavelmente haverá algumas mexidas, mas não por falta de respeito pelo adversário nem a pensar no jogo de terça-feira, em França. Quem faz as coisas dessa forma, normalmente, dá-se mal nos dois jogos”, explicou, sublinhando que não há espaço para relaxamento.

“Os jogadores estão muito comprometidos. Os jogadores que entraram já vão encaixando na forma exigente como estamos aqui, no trabalho que é feito com muita seriedade. Independentemente do adversário, temos que olhar para o que somos, para o clube que representamos, e isso é sinónimo desse trabalho sempre sério. Isso não vai acontecer. Estamos cientes das dificuldades que podemos encontrar se não estivermos ao nível habitual.”

A Taça de Portugal, principalmente na sua fase inicial, serve para dar tempo e espaço a alguns jogadores com menos minutos nas pernas.

“Preparamos o jogo, não a pensar que pode ser uma vitamina para um ou outro jogador. Preparamos o jogo dentro da estratégia definida para defrontar um adversário da qualidade do que vamos defrontar. Temos que estar atentos, porque a Taça é uma prova fantástica, pela qual tenho um carinho especial desde miúdo, até por essas surpresas. Não queremos ser surpreendidos nesse tipo de situações que tanta vez acontece nesta prova. Queremos iniciar bem a caminhada para revalidar o título”.

Os ‘dragões’, atuais detentores do troféu, defrontam no sábado, às 14:30, no Barreiro, o Fabril, do Campeonato de Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.