O Sporting de Braga vai cumprindo com o que lhe compete nesta 3ª eliminatória da Taça de Portugal, e vai para o intervalo a vencer por 2-1. Luís Aguiar foi o homem que esteve nos dois livres do Sporting de Braga que originaram os golos. Mas a fechar o primeiro tempo, uma falta do junior Guilherme dentro da área, permitiu ao 1º de Dezembro reduzir.

A equipa de Domingos Paciência tem gerido o jogo, nem sempre com um futebol bonito, mas apostando na velocidade e maior técnica dos seus jogadores. Os dois golos bracarenses surgiram de bola parada.

Aos 19 minutos, Luís Aguiar cobrou um livre na esquerda, bateu directo, o guardião sintrense defendeu, mas a bola sobrou para Paulo César, que cabeceou para Elton encostar para o primeiro tento. O lance foi contestado por um eventual fora de jogo de Elton.

O segundo tento foi uma fotocópia do primeiro, mas desta vez o cruzamento de Luís Aguiar encontrou a cabeça de Ricardo Pereira, com um auto-golo, aos 24'.

O 1º de Dezembro não se resumiu a jogar à defesa e numa jogada de contra-ataque Guilherme fez falta na grande área sobre um jogador da casa e Ricardinho, aos 39'. E a equipa da casa podia mesmo ter empatado, quando, aos 42', Ricardo Cunha rematou à barra.

O jogo está muito morno, mas os bracarenses vão cumprindo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.