Freddy Guarín, que terminaria a ligação com o FC Porto em Junho de 2012, renovou com o clube até 2014. O colombiano não escondeu a satisfação.

“Estou muito tranquilo aqui, o clube está satisfeito comigo, para mim é um orgulho continuar e passar mais uns anos por aqui. Já estive na Argentina, na Colômbia, na França e o FC Porto é o melhor clube por onde passei. Vi muitas coisas aqui que são muito positivas e que não se encontram em qualquer clube”, disse o médio, esta quarta-feira, na habitual superflash de antevisão, desta vez realizada no Dragon Force, em Grijó, Vila Nova de Gaia.

O FC Porto, detentor do título, estreia-se este sábado na edição 2010/2011 da Taça de Portugal, em jogo com o Limianos da terceira divisão.

“Somos detentores da Taça e queremos conservar o título. Respeitamos o adversário e não vamos facilitar, tal como nos restantes jogos. Temos responsabilidade e a nossa ideia é não facilitar, porque senão o jogo pode complicar-se”, analisou.

Com muita concorrência no meio-campo, a Guarín resta-lhe trabalhar muito para conquistar um lugar nos planos de André Villas-Boas.

“O FC Porto está com um meio-campo muito forte, sei que não é fácil ser titular agora, mas algum dia vai chegar esse prémio para a minha persistência. As lesões (ficou parado durante seis meses) não têm facilitado a minha tarefa, mas já estou recuperado e pronto para quando precisarem de mim”, explicou.

O colombiano desvalorizou ainda o empate da última jornada, em casa do Vitória de Guimarães: “Reagimos bem. Não sofremos uma derrota e clube tem maturidade para dar a volta já com uma vitória”, disse.

O FC Porto – Limianos, da terceira eliminatória da Taça de Portugal, joga-se esta sábado às 19 horas, no Estádio do Dragão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.