Nuno Espírito Santo vai promover mudanças na equipa habitual para jogar contra o Gafanha para a terceira eliminatória da Taça de Portugal. O treinador dos ‘azuis e brancos’ deve lançar jogadores com menos minutos de jogo e promover algumas estreias com a camisola do FC Porto esta temporada.

À cabeça está José Sá. O guarda-redes tem sido a sombra de Iker Casillas e ainda não somou qualquer minuto em jogos oficiais esta temporada. O guardião ex-Marítimo chegou na época passada e é uma aposta para o futuro. Com Casillas perto da idade da despedida, o português surge como o primeiro nome para suceder na baliza dos ‘dragões’. Frente ao Gafanha não deverá ter grandes dificuldades, mas pode ser chamado a agir.

No centro da defesa, Chidozie deve recuperar o lugar que teve no final da época passada. Na era Peseiro, o nigeriano foi aposta para o setor mais recuado da defesa. No entanto, com a chegada de Nuno Espírito Santo e de Felipe, Chidozie foi relegado para a equipa B dos ‘dragões’.

Por fim, João Carlos Teixeira deve estrear-se com a camisola do FC Porto. O médio ex-Liverpool chegou esta temporada a custo zero e, depois de ter feito a pré-temporada com a equipa, desapareceu das escolhas do treinador. Frente ao Gafanha deve envergar a camisola ‘azul e branca’ pela primeira vez no meio-campo da equipa em jogos oficiais.

O FC Porto parte como grande favorito para o jogo com a equipa de Aveiro. O encontro da terceira eliminatória da Taça de Portugal coloca os ‘dragões’ na condição de visitante. Depois de ter perdido a final do ano passado, a equipa da cidade Invicta quer voltar a ter sucesso na Taça.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.