Com 10 734 metros percorridos e 15 "sprints" efectuados Targino foi o jogador nuclear para a vitória por 1-0 do V. Guimarães na Luz, a primeira derrota caseira do Benfica em jogos oficiais desde que Jorge Jesus é o treinador.

O jogo ofensivo do V. Guimarães baseou-se sempre na capacidade de Targino estender o jogo e a verdade é que os dados estatísticos do jogo demonstram que o avançado correspondeu ao que lhe era pedido.

De resto, os jogadores do Guimarães percorreram mais 1673 metros do que os do Benfica, num jogo em que a bola esteve quase sempre nos pés da equipa da casa (62 por cento de posse de bola).

Curiosamente, o Guimarães chegou à vitória com um golo na sequência de um lance de bola parada, o que tem sido um dos grandes trunfos do Benfica esta época.

Os encarnados remataram o dobro das vezes do adversário (18, contra 9), mas nunca conseguiram bater o guarda-redes Nilson, que efectuou sete defesas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.