"Foi um grande fracasso e uma grande desilusão para todo o colectivo. Foi uma lição para todos nós. Pena que a lição do ano passado com o Estrela da Amadora não nos tenha servido muito", começou por dizer Villas-Boas no final do jogo da quarta eliminatória, em que a Académica foi derrotada por 4-2 no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, após 1-1 no prolongamento.

O jovem técnico acrescentou que "houve uma mudança de atitude da primeira para a segunda parte" e que o colectivo "tem que tirar ilações daquilo que se passou", apesar de assumir a sua quota-parte da responsabilidade nas escolhas que tomou ao longo da partida.

"Os jogos são a eliminar e tive que arriscar noutro sistema (4x4x2), mas temos que continuar a treinar mais este esquema de jogo", concluiu o técnico, dando os parabéns ao Beira-Mar.

Por sua vez, o treinador aveirense, Leonardo Jardim, reconheceu que na primeira parte houve mais posse de bola da Académica, mas que no segundo tempo as coisas inverteram-se.

"O prolongamento foi de sentido único, pois estávamos a jogar com menos um elemento. Pelo que fizemos nos 90 minutos, o resultado foi justo", concluiu.

Quanto às dificuldades financeiras, o treinador reiterou que toda a gente as conhece e aguarda para ver o que vai acontecer até ao próximo dia 30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.