"A Taça é um sonho para todas as equipas. Temos um objectivo legítimo, mas também é preciso que o sorteio seja benéfico. Queremos chegar o mais longe possível, os jogadores têm esse objectivo e por isso é um sonho legítimo para toda a gente. O importante é que a aplicação esteja de acordo com o objectivo que queremos atingir", disse o treinador em antevisão ao jogo com os aveirenses, prometendo a sua equipa "na máxima força".

Apesar de o Beira-Mar não atravessar uma situação fácil a nível directivo e financeiro, não é por isso que o treinador da Académica espera encontrar um grupo mais fraco, antes pelo contrário. Villas-Boas exemplifica mesmo do jogo frente ao Estrela da Amadora no ano passado, quando a Briosa foi eliminada da competição.

"Além de ser preocupante, é um factor que influencia também a união do grupo, leva a um esforço colectivo para inverter uma situação negativa para eles e para o futebol português. É um factor decisivo. Se não me engano, a Académica o ano passado foi eliminada pelo Estrela da Amadora que vivia uma situação semelhante. É um sinal para estes jogadores que aqui estão, pois nem todos vivemos na felicidade, mas, no entanto, o espírito de grupo mantém-se", continuou.

Questionado de novo sobre a homologação das equipas que seguem em frente na Taça da Liga, o treinador dos "estudantes" não aceita estar fora da prova, reagindo com desagrado às palavras do treinador dos aveirenses, Leonardo Jardim, que tinha afirmado, em conferência de imprensa precisamente o contrário, para além de remeter a pressão para o último classificado da Liga.

"Não me agradaram as declarações do Leonardo Jardim. Nós não estamos fora da Taça da Liga, não me sinto eliminado. A única coisa que sei é que o Beira-Mar está de fora, nós não", referiu o técnico da Briosa.

Já em relação à chamada de jogadores do clube-satélite como o caso de Fábio Santos e Amessan do Tourizense, reiterou que este clima de envolvência com os restantes grupos de futebol que engloba ainda o futebol juvenil da Académica é para continuar, pois "as oportunidades vão continuar a surgir"

A "Briosa" recebe o Beira-Mar este domingo, no Estádio Cidade de Coimbra, pelas 15:00, numa partida que será arbitrada por Paulo Baptista, de Portalegre.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.