Pelé, considerado um dos melhores futebolistas de todos os tempos, desejou hoje ao Papa Francisco uma recuperação rápida após a intervenção cirúrgica a que este foi sujeito aos intestinos.

“Tenho um carinho especial por si. Desejo-lhe rápidas melhoras e espero que possamos encontrar-nos um dia, pessoalmente. Será um dia muito feliz para mim”, disse o lendário atacante do Santos e da seleção brasileira na sua conta numa rede social.

O tricampeão mundial pela seleção brasileira, de 80 anos, acompanhou a mensagem com uma fotografia do Sumo Pontífice a segurar uma camisola da seleção brasileira assinada pelo próprio Pelé, que lhe foi oferecida pela então presidente do país, Dilma Rousseff, em 2014.

O Papa, de 84 anos, grande apreciador de futebol, está internado na Policlínica Gemelli, em Roma, enquanto recupera da operação realizada no domingo devido a uma “estenose diverticular”, doença de cólon que afeta principalmente os idosos.

De acordo com o último boletim médico, o Papa encontra-se “em boas condições gerais, consciente e a respirar por si próprio”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.