O Sporting anunciou hoje ter aderido à iniciativa Desporto para a Ação Climática, promovida pelas Nações Unidas, com o objetivo de "contribuir para que o desporto em Portugal tenha uma responsabilidade acrescida no futuro do planeta".

Num comunicado em que dá conta da adesão, no Dia Mundial da Ação Climática, os ‘leões' divulgam um plano de cinco pontos com os quais se comprometem, da promoção de "maior responsabilidade ambiental" à redução do impacto do desporto no ambiente.

Outras medidas passam pela educação para a ação climática, o consumo sustentável e responsável e a utilização de "ferramentas próprias de comunicação" para consciencialização para estas questões.

Citado em comunicado dos ’verdes e brancos', o presidente do clube, Frederico Varandas, afirmou que os lisboetas querem "ser um exemplo e com isso sensibilizar outras entidades desportivas".

A formação de Lisboa lembra ainda que passou recentemente a consumir "apenas eletricidade de origem renovável", instalou painéis solares e aderiu "à mobilidade elétrica", num compromisso com a EDP que permite poupar cerca de 180 mil euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.