A australiana partiu para a prova combinada final, de tiro e 3.200 metros de corrida, na sétima posição, mas terminou a competição com 1.372 pontos, mais 16 do que Clouvel, vice-campeã do mundo em 2015, e mais 23 do que Nowacka.

As duas últimas campeãs olímpicas viram frustradas as ambições nos saltos de obstáculos, casos da lituana Laura Asadauskaite, ouro em Londres2012, e a alemã Lena Schoneborn, em Pequim2008, que terminaram sem pontos, por recusa dos cavalos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.