Filomena Costa recusou o lugar de suplente da seleção portuguesa de atletismo que vai disputar a prova da maratona nos Jogos Olímpicos Rio2016, anunciou hoje a maratonista na sua conta oficial no Facebook.

“Tomei uma decisão, muito pensada, apoiada por pessoas muito importantes para mim, a minha família, amigos e o meu grande clube Associação Jardim da Serra. Sei que também tenho muitas pessoas que gostariam que eu fosse, mas a minha decisão passou por não aceitar o lugar de suplente”, escreveu a atleta.

Filomena Costa lamentou que não tenham sido cumpridos os critérios de seleção, uma vez que detinha melhor marca do que Jessica Augusto (2:28.00 horas contra 2:28.53 da atleta do Sporting), uma das três selecionadas para a prova da maratona, em conjunto com Sara Moreira (Sporting) e Dulce Félix (Benfica).

“Dia de apresentação dos atletas que estarão presentes nos Jogos do Rio 2016. Um dia que poderia ter sido muito feliz para mim, marcante, inspirador, mas sinto que não o iria ser, porque estaria sempre presente o lugar que era meu se fossem tidos em conta os critérios pré-definidos”, denunciou.

Segundo os critérios adotados pela Federação Portuguesa de Atletismo, seriam eleitos os atletas “com as três melhores marcas obtidas durante o período de qualificação (01 de janeiro de 2015 a 31 de maio de 2016)”, caso mais de três conseguissem os mínimos.

Além daquelas quatro atletas, também a benfiquista Vanessa Fernandes, medalha de prata na prova de triatlo dos Jogos Olímpicos Pequim2008, tinha mínimos para correr a maratona feminina no Rio de Janeiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.