Um grupo de manifestantes roubaram e apagaram a tocha olímpica em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, durante a passagem cerimonial da tocha olímpica pela cidade.

De acordo com a imprensa brasileira, a razão dos protestos prende-se com o encerramento da Unidade de Pronto Atendimento, a suspensão dos serviços de autocarros, os atrasos nos salários de funcionários públicos e os cortes na saúde.

A comitiva olímpica foi interrompida por um grupo de manifestantes que atiraram pedras e apagaram a tocha olímpica, o que levou a polícia militar a usar bombas de gás e balas de borracha para dispersar a multidão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.