Angola vai apresentar 20 atletas em cinco modalidades nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, sem esperança de chegar às medalhas, segundo o secretário-geral do Comité Olímpico Angolano (COA).

Em declarações à agência Lusa, António Monteiro disse assumiu-se descrente na obtenção de lugares de pódio pelos integrantes da Missão de Angola, que vão disputar o torneio de andebol feminino e competições de atletismo, judo, vela e natação.

O responsável olímpico reconheceu falta de qualidade para esses objetivos, sobretudo pela falta de implementação dos programas de desenvolvimento do desporto, apesar da boa planificação que garantiu existir.

Além das 14 jogadoras da seleção de andebol, Angola vai estar representado pelos nadadores Salvador Gordo (100 mariposa) e Catarina Sousa (natação, 100 livres), pelos velejadores Paixão Afonso e Matias Montinho (470), pela judoca Diassonema Neidy (-57 kg) e pelo velocista Bee Miguel Aveni (100 metros).

António Monteiro defendeu uma alteração no atual paradigma no desporto angolano, para aspirar a um ‘metal’ olímpico, que nunca conquistou, nas nove anteriores presenças, em Moscovo1980, Seul1988, Barcelona1992, Atlanta1996, Sydney2000, Atenas2004, Pequim2008, Londres2012 e Rio2016.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão ser disputados entre sexta-feira e 08 de agosto, após o adiamento em um ano devido à pandemia de covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.