“Estes Jogos vão ser especiais porque, pela primeira vez, cada país pode levar dois barcos nos monolugares. Isso significa que na prova dele vai haver uns 30 participantes e que as nações mais fortes fazem aposta dupla. Isso só faz com que estejamos ainda mais focados para chegar à final”, defendeu-se, em declarações à Lusa, sobre o quinto classificado no Rio2016 em K1 1.000.

Em declarações à Lusa, o técnico fixou como primeiro objetivo ser um dos oito finalistas, lembrando que em Tóquio2020 os canoístas passam por mais fases seletivas do que o habitual

“Vamos fazer tudo para ir saltando etapas e procurar chegar à final”, resumiu Hélio Lucas sobre o seu pupilo, que neste ciclo olímpico não falhou qualquer pódio internacional.

Fernando Pimenta e a restante seleção chegaram a Tóquio depois de um estágio que “correu bem” em Kyotango, uma localidade piscatória onde o grupo luso faz a adaptação “à temperatura, humidade e água salgada”, uma vez que nestes Jogos Olímpicos a prova não vai decorrer em pista específica, de água doce, para canoagem e remo.

“Tivemos boas condições para estarmos concentrados e trabalharmos bem. Depois de uma época bastante comprida, iniciámos uma fase especifica para Tóquio2020. Está concentrado, focado para este evento de grau de importância e motivacional muito alto, trabalhando arduamente como sempre fez. Está em boa forma”, garantiu.

Sobre Joana Vasconcelos, que também orienta nestes Jogos, recordou que a gaiense garantiu, somente em junho, a “última vaga disponível” para Tóquio2020, ainda assim espera que a sua pupila “possa estar entre as melhores”.

Com a mesma regra do desdobramento, o K1 500 vai ter um “número recorde” a rondar as 50 participantes no Sea Forest Waterway da capital nipónica.

Todas as notícias e reportagens sobre Tóquio 2020 acompanhadas ao minuto pelo SAPO Desporto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.