Portugal vai estar representado por 13 atletas, entre os quais dois medalhados, em seis modalidades nos Jogos Surdolímpicos, que vão decorrer em Caxias do Sul, no Brasil, anunciou o Comité Paralímpico de Portugal (CPP).

A competição, que decorrerá entre 01 e 15 de maio, vai marcar a estreia lusa na modalidade de tiro, na qual estará representado por Vyacheslav Sushchyk.

O atletismo, com quatro atletas - Francisco Laranjeira, Hemilton Costa, Ricardo Gomes e Rui Rodrigues –, e a natação, também com quatro - Diogo Neves, Miguel Cruz, Ricardo Belezas e Tiago Neves -, são as modalidades mais representadas.

No ciclismo, André Soares e João Marques vão defender as cores nacionais, enquanto no judo e na luta greco-romana marcarão presença na maior competição mundial de desporto para surdos Joana Santos e Hugo Passos, respetivamente, ambos medalhados em competições anteriores.

A missão portuguesa, chefiada por Pedro Costa, é constituída por um total de 29 elementos entre atletas, treinadores, parceiros de competição, equipa médica, e uma intérprete de língua gestual portuguesa.

Em declarações divulgadas pelo CPP, o chefe de missão garantiu que “os atletas estão preparados para enfrentar este grande desafio e para competir com os melhores do mundo, sempre com o orgulho e a responsabilidade que é representar Portugal”.

Nos Jogos Surdolímpicos Caxias do Sul 2021, adiados no ano passado devido à pandemia de covid-19, são esperados cerca de 4.500 atletas de 100 países para competirem nas 20 modalidades do calendário surdolímpico.

Portugal somará a sua oitava participação portuguesa em Jogos Surdolímpicos, competição na qual já conquistou 13 medalhas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.