O relatório da Missão de Portugal aos Jogos Olímpicos foi hoje aprovado por "unanimidade" em Assembleia Plenária do Comité Olímpico de Portugal (COP), que valorizou de igual modo o desempenho da equipa no Japão.

“O êxito deste trabalho deve ser partilhado com as federações desportivas. É um êxito do movimento desportivo federado”, elogiou o presidente do COP, José Manuel Constantino.

O dirigente considerou que a “parceria muito frutuosa” com o IPDJ e a Secretaria de Estado da Juventude e Desporto contribuíram para o êxito.

Em Tóquio2020, Portugal obteve quatro medalhas, o ouro de Pedro Pablo Pichardo no triplo salto, especialidade na qual Patrícia Mamona foi prata, e o bronze do canoísta Fernando Pimenta em K1 1.000 metros e do judoca Jorge Fonseca na categoria de -100 kg.

A forma como a Missão decorreu mereceu mesmo um voto de louvor, que mereceu igual unanimidade, ao trabalho desenvolvido pelo Chefe de Missão Marco Alves.

O Plano de Atividades e o Orçamento para 2022 foram também aprovados por unanimidade, tendo, no entanto, o presidente do COP esclarecido que os documentos apresentados estão sujeitos a condicionalismos impostos pelo facto de ser um ano eleitoral.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.