A seleção angolana de andebol trabalhou, esta sexta-feira, aspetos táticos relacionados com a defesa, tendo em conta a sua participação no Campeonato Africano das Nações, a decorrer de 16 a 26 de janeiro, na Tunísia.

O grupo às ordens do técnico Nelson Catito treinou durante hora e meia, no pavilhão da Cidadela, em Luanda, procurando dar melhor forma competitiva aos atletas, numa altura em que o lateral Adelino Pestana “Amarelo”, um dos mais influentes na equipa, continua ausente por problemas físicos, não especificados pela equipa médica.

Iniciados na quarta-feira, os trabalhos decorrem no país até ao dia 8 de janeiro, prevendo-se um estágio de 9 a 14 do mesmo mês na Argélia.

No campeonato africano, Angola está no grupo B com a Nigéria (adversário de estreia), a Líbia e o Gabão.

Segundo fonte da equipa técnica, 'Amarelo' pode juntar-se à pré-seleção na próxima semana, período igualmente reservado para a integração dos jogadores que atuam na diáspora: Rome Hebo (Benfica), Declerque Cibo (Qatar Sport Clube), Edvaldo Ferreira (Al Rawdah, da Arábia Saudita) e Feliciano Coveiro (ABC).

Para esta prova africana foram selecionados Giovani Muachissengue, Augusto Gonçalves, Custódio Gouveia, Gabriel Teca, Agnelo Quitongo, Jaraslav Catraio, Agnaldo Tati, Rome Hebo, Manuel Nascimento, Edgar Abreu, Cláudio Lopes e Amilton Sampaio.

Completam o grupo Adelino Pestana, Sérgio Lopes, Mário Tati, Declerque Cibo, Edvaldo Ferreira, Feliciano Coveiro, Adilson Maneco, Alcimar Pedro, Otiniel Pascoal, Agostinho Lopes, Cláudio Chicola e Elisandro Garcia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.