O FC Porto renovou o título na Taça de Portugal de andebol ao vencer o Benfica por 31-27 , na final disputada em em Pinhel, Guarda.

Num jogo de muitos nervos de parte a parte, a arbitragem também esteve no centro das atenções com critério muito apertado, como mostram as 21 exclusões (10 para o FC Porto e 12 para o Benfica) e quatro cartões vermelhos (dois para cada lado).

Os Dragões acabaram por ser mais eficazes e vencer o troféu pela segunda vez, juntando assim a Taça ao Campeonato Nacional.

Ao intervalo os campeões nacionais venciam por 16-14, num dia histórico para o andebol nacional já que nesta final tivemos a estreia do video-árbitro.

No segundo tempo o FC Porto esteve sempre no comando das operações e raramente permitiu a aproximação do Benfica. As várias exclusões e cartões vermelhos mancharam o espetáculo.

É a segunda dobradinha seguida para a equipa de Magnus Anderson e a nova Taça de Portugal para o FC Porto.

O FC Porto termina assim a época sem qualquer derrota, quer na Taça quer no campeonato.

O Benfica, terceiro classificado do campeonato, tinha eliminado o Sporting nas meias-finais, o FC Porto afastou o Águas Santas após prolongamento.

Os Leões são os recordistas de troféus na prova (15).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.