O Benfica informou hoje ter protestado o jogo de sábado com o Sporting na Liga portuguesa de andebol (32-32), exigindo a impugnação da partida face a “condições irregulares” no terreno de jogo.

“(…) As imagens televisivas demonstram de forma cabal, o Sporting obteve a vantagem de 31-30 quando os seguranças estavam em pleno recinto de jogo a tentar recolocar a rede que tinha sido puxada pelos adeptos que estavam atrás da baliza”, argumenta o Benfica.

O clube ‘encarnado’ assinala que este cenário se enquadra no artigo número 66 dos regulamentos, em matéria de protesto dos jogos, em que “os clubes podem impugnar a validade de uma partida face às condições irregulares da área de competição”.

Na mesma nota, o Benfica diz que antes desta situação, o jogo no Pavilhão João Rocha já tinha sido interrompido devido ao lançamento de água em direção do guarda-redes Gustavo Capdeville.

Os ‘encarnados’ referem que a falta de condições no pavilhão é recorrente e que irão até às últimas consequências “para que todas as autoridades envolvidas na organização das várias competições assumam as suas responsabilidades e coloquem um ponto final nas situações”.

O Sporting lidera o campeonato de andebol, com 69 pontos, seguido de FC Porto, com 67, e de Benfica, com 63, ambos com menos um jogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.