O Benfica empatou hoje 31-31 em Manheim com os alemães do Rhein-Neckar Löwen, em jogo da primeira mão da segunda ronda de qualificação para a fase de grupos da Liga Europeia de andebol.

Perante uma das equipas mais fortes da ‘Bundesliga’ de andebol, o Benfica chegou ao intervalo a ganhar por 16-15, tendo liderado o marcador em quase toda a primeira parte.

Os ‘encarnados’, que na ronda inaugural eliminaram o Kriens Luzern, da Suíça, receberá os germânicos na próxima terça-feira, à procura de um resultado que lhe proporcione a entrada na fase de grupos.

O Benfica acreditou na vitória e chegou a ter quatro golos de vantagem, mas teve de se concentrar nos últimos minutos, face à reação do Rhein-Neckar Löwen, que liderava 30-28 a seis minutos do fim.

De forma espetacular, o Benfica voltou à vantagem, a menos de dois minutos, com o alemão Ole Rahmel a 'emendar' um primeiro remate do sérvio Petar Djordjic. Não foi suficiente para a vitória, já que a 15 segundos do final Uwe Gensheimer empatou mais uma vez, de livre de sete metros.

Djordjic, com sete golos, não foi desta vez o melhor marcador da equipa portuguesa - esse estatuto foi para Ole Rahmel, com oito. Pelo Rhein-Neckar Löwen, Uwe Gensheimer atingiu os sete golos também.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.