Os 34ºs campeonatos nacionais de andebol sénior em ambos os sexos, a decorrerem na cidade de Benguela, de 20 a 29 do corrente mês, passam a denominar-se "troféu DT", soube-se terça-feira, em Luanda, durante uma conferência de imprensa realizada numa das unidades hoteleiras da capital.

No ato, o presidente da Federação Angolana de Andebol (FAAND), Pedro Godinho, informou que a parceria com a referida empresa já existe há mais de um ano, mas que agora a mesma vai responsabilizar-se com todos os custos da prova, sendo que a única exceção passa pelo pagamento dos árbitros que vai estar a cargo da federação.

Pedro Godinho disse que contrariamente aos anos anteriores os clubes não irão pagar as habituais taxas de inscrição, que vai estar a cargo do principal sponsor da competição hoje apresentado.

Por seu turno, Mário Lourenço, diretor dos Assuntos Corporativos do "grupo DT", referiu que a sua empresa pretende dar um apoio ao desporto nacional e numa primeira fase a prioridade recaiu para o andebol.

«Garanto a participação de forma ativa nos campeonatos nacionais que vai levar o nome da nossa empresa» prometeu.

Sem especificar o valor envolvido, Mário Lourenço disse apenas que será suficiente para ajudar as necessidades da prova que vai juntar treze equipas, das quais cinco masculinas e oito em femininas.

No mesmo dia (quarta-feira) a direção da FAAND assinou um acordo com a empresa Sport Zone ( Angola), que se vai responsabilizar pelos troféus da competição que também foram apresentados a imprensa.

Do lado da Sportzone, assinou o acordo o seu presidente, Rogério Silva, tendo referido que o contributo ao andebol visa projetar ainda mais a modalidade que é uma referência no continente africano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.