A Dinamarca e a Noruega apuraram-se hoje para as meias-finais do Mundial de andebol, com vitórias na última jornada da fase de grupos, e vão defrontar França e Alemanha, respetivamente, no acesso à final.

Ao bater a Suécia por 30-26, os dinamarqueses, que com a Alemanha são os anfitriões da prova, seguem para a disputa por medalhas, medindo forças com os campeões em título, a França, que à semelhança dos alemães já estava apurada.

Por seu lado, os noruegueses tinham levado a melhor sobre a Hungria (35-26) para chegar aos oito pontos no grupo 2, menos dois que a Dinamarca, a única seleção que conta por vitórias todos os jogos realizados no torneio, e mais dois que os suecos.

A Suécia vai disputar com a Croácia o quinto e sexto lugar, mas garantiu desde já um posto no torneio de qualificação para os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

Para lá chegar, a Espanha precisava que a França, derrotasse a Croácia, mas os croatas bateram os franceses por 23-20 e ultrapassaram os espanhóis.

A Espanha termina, assim, em quarto na ‘poule’ 1, o que dá acesso à disputa do sétimo posto, e último lugar olímpico, no qual os campeões europeus vão encontrar o Egito, vencedor por 30-23 do ‘dérbi’ africano, frente à Tunísia.

Os egípcios acabaram com três pontos, os mesmos da Hungria, que foi goleada pela Noruega (35-26) e diz adeus ao torneio, a par dos tunisinos, últimos do grupo sem qualquer ponto.

No outro jogo do dia, no grupo 1, o Brasil despediu-se da prova no quinto posto, ao bater a última classificada Islândia por 32-29, sendo que os islandeses saem sem pontuar após a fase preliminar.

As meias-finais estão marcadas para sexta-feira, em Hamburgo, na Alemanha, sendo que o Espanha-Egito e o Croácia-Suécia terão lugar no sábado, um dia antes da final e do jogo de atribuição da medalha de bronze.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.