A França, campeã olímpica, manteve, esta quarta-feira, o pleno de vitórias no Europeu de andebol, com a anfitriã Alemanha a assegurar a última vaga nas meias-finais e Portugal um lugar no pré-olímpico.

Apesar da desilusão da véspera, ao cair para o quarto lugar do Grupo II da ronda principal e falhar o encontro de atribuição do quinto lugar, Portugal pôde hoje festejar o apuramento, pela segunda vez consecutiva, para o torneio pré-olímpico, depois de a Islândia derrotar a Áustria.

À partida para a quinta e última jornada do Grupo I da 'main round', três equipas podiam ainda chegar às meias-finais. Alemanha, Hungria e Áustria podiam chegar às 'meias', com os austríacos a tentarem um terceiro lugar, que os colocaria no pré-olímpico.

Logo no primeiro encontro do dia, a Islândia deu a 'mão' a Portugal e derrotou a Áustria, por 26-24, não conseguindo, contudo, o 'milagre' que precisava para assegurar o terceiro lugar e o pré-olímpico.

Os nórdicos chegaram ao intervalo a vencer por seis golos (14-8), mas perderam a vantagem numa má entrada na segunda parte, muito por culpa do guarda-redes austríaco Constantin Möstl, eleito pela quarta vez o melhor em campo no Europeu, depois de fazer 20 defesas (44% de eficácia).

O islandês Sigvaldi Gudjonsson foi o melhor marcador, com oito golos, enquanto o 'gigante' pivô austríaco Tobias Wagner fez sete.

Este resultado deixava a Hungria já com o terceiro lugar da 'poule' assegurado, mas ainda com hipóteses de chegar às meias-finais, embora, para isso, tivesse de vencer a França e esperar que a Alemanha perdesse com a já eliminada Croácia.

A França, única equipa invicta no Europeu desde a derrota da campeã mundial Dinamarca na véspera, com a Eslovénia, não facilitou e somou o oitavo triunfo em outros tantos golos, por 35-32, num encontro em que Nédim Rémili foi o melhor jogador, com sete golos em sete tentativas.

Este resultado deixou definido o outro semifinalista saído do Grupo II, com a Alemanha a jogar com a Croácia, última classificada e que ainda não tinha qualquer triunfo nesta fase.

Num jogo sem pressão para as duas equipas, a Croácia acabou por se superiorizar e vencer a seleção anfitriã, por 30-24, com Igor Karacic a ser o melhor marcador, com seis golos.

Nas meias-finais, a França vai agora defrontar a campeã europeia Suécia, enquanto a Alemanha vai jogar com a Dinamarca, em jogos marcados para sexta-feira em Colónia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.