O FC Porto qualificou-se ontem para a fase de grupos da Taça EHF de andebol, ao vencer em casa o Magdeburgo, por 34-27, recuperando de uma desvantagem de três golos na primeira mão (26-23), disputada na Alemanha.

Os 'dragões', que dividem a liderança do campeonato nacional com os rivais Benfica e Sporting, impuseram-se ao segundo classificado do campeonato alemão, ao conseguirem desequilibrar o encontro na fase final da primeira parte, chegando ao intervalo com uma vantagem de seis golos (18-12).

O Magdeburgo esteve em vantagem até perto dos 20 minutos, quando o FC Porto assumiu pela primeira vez a dianteira do marcador (9-8), com uma excelente combinação aérea de Rui Silva e António Areia, que finalizou num voo da direita.

A supremacia 'azul e branca', consolidada por uma defesa bastante eficaz e contra-ataques concretizadores, foi confirmada na segunda parte, quando os portugueses chegaram a estar a vencer por 31-21, a pouco mais de cinco minutos do final.

Até ao final, a diferença acabou por ser reduzida para sete golos, na melhor fase dos alemães, mas sem colocar em causa o apuramento dos comandados de Magnus Andersson para a fase de grupos da Taça EHF, na qual será a única representante lusa, depois da eliminação do Benfica frente aos alemães do TSV Hannover-Burgdorf.

Alfredo Quintana e Thomas Bauer estiveram em bom plano na baliza dos 'dragões', num encontro em que se destacaram ainda o ponta António Areia, que hoje marcou nove golos depois de ter assinado oito na Alemanha, o pivot luso-cubano Daymaro Salina, com seis, e o central Rui, com quatro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.