O FC Porto venceu hoje a formação dinamarquesa do KIF Kolding Copenhaga, por 27-24, no Dragão Caixa, e manteve em aberto a hipótese matemática de passar aos oitavos de final da Liga dos Campeões de andebol.

O KIF Kolding, que chegou ao Dragão na segunda posição do Grupo B, com os mesmos 10 pontos do líder Kiel, da Alemanha, saiu vergado por uma derrota por três golos frente a um FC Porto que não se intimidou com a condição de favorita da equipa dinamarquesa.

Os “dragões” iniciariam a partida sempre atrás dos dinamarqueses no marcador, mas aos 23 minutos, com um golo de Pedro Spínola, jogador que esteve em evidência ao apontar oito, passaram para a liderança para não mais a perder.

Com os guarda-redes Alfredo Quintana, em momentos decisivos da primeira parte, e Hugo Laurentino, a negarem por três vezes, já perto do final do encontro, a possibilidade de o KIF Kolding reduzir a diferença, uma defesa impermeável e um ataque eficaz o FC Porto foi mantendo os dinamarqueses à distância.

Quatro golos consecutivos perto do final da primeira parte, com um parcial de seis marcados e apenas um sofrido, e em que Ljubomir Obradovic tirou do banco Wilson Davyes e Tiago Rocha, permitiram aos portistas chegar o intervalo a vencer por quatro (15-11).

Com João Ferraz e Pedro Spínola em plano de destaque no capítulo da finalização no início da segunda parte, o FC Porto cavou uma inesperada vantagem de sete golos (20-13), à passagem do minuto 37, perante o desacerto total da formação do Kolding.

Os dinamarqueses ainda reduziram para a diferença mínima, aos 21-20, com 10 minutos para jogar até ao termo do encontro, concretizando um parcial de 7-1, que colocou a equipa do FC Porto de sobreaviso e em alerta.

Gilberto Duarte, Wilson Davyes e Alexis Hernandez, com três ações ofensivas seguidas, voltaram a dar uma margem de quatro golos de vantagem ao FC Porto (24-20), à entrada dos derradeiros cinco minutos.

Com o guarda-redes Hugo Laurentino a negar por três vezes, com defesas de dificuldade superior, a hipótese de o Kolding se aproximar no marcador, o FC Porto geriu a vantagem e selou aos 27-24 a sua segunda vitória na Liga dos Campeões.

As três últimas jornadas do Grupo B decorrem já no próximo ano, com o FC Porto a receber o Targi Kielce, a visitar o Dunquerque e a “fechar” a qualificação no Dragão Caixa frente ao Kiel.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.