As andebolistas francesas sagraram-se hoje campeãs do mundo, ao baterem por 23-21 a Noruega, que era detentora do título, na final jogada em Hamburgo, Alemanha.

Para o andebol feminino gaulês, trata-se do segundo título mundial do seu historial, depois do conseguido em 2003, o que faz com que a maior potência da modalidade tenha, finalmente, as 'coroas' masculina e feminina em simultâneo.

Curiosamente, o adversário voltou a ser a Noruega, só que o favoritismo em masculinos era claro para os franceses - tanto mais que o campeonato se jogou em França - e agora a balança pendia acentuadamente para o conjunto norueguês, seleção que chegou à final com o estatuto de tricampeã e a 'faturar' goleadas. As nórdicas procuravam aqui o quarto título na últimas cinco edições.

O jogo foi muito intenso e equilibrado, com a França a chegar ao intervalo a ganhar por 11-10.

Na segunda parte, a França até chegou a ter três golos de avanço, mas a tónica foi decisivamente de equilíbrio, com várias situações de igualdade.

A dois minutos do fim, dois golos de Allison Pineau colocaram o marcador em 22-20 e as gaulesas assumiram, em definitivo, que a vitória estava a um 'pequeno passo'. Geriram bem os últimos segundos, nos quais se verificou ainda um golo para cada lado.

Para a história fica o técnico Olivier Krumbholtz, único sobrevivente do título de 2003 e que viveu também as finais perdidas em 2009 e 2011. "Elas souberam permanecer lúcidas e este resultado é lógico em função do trabalho que fizeram. É um momento de grande alegria", disse.

Allison Pineau, figura maior do jogo, marcou no total quatro golos, tantos quantos registou Manon Houette. Com três golos terminaram Laurisa Landre e Estelle Nze Minko.

Todo o jogo da Noruega assentou no poder de Tora Mork e Veronica Kristiansen, com sete golos cada.

No jogo de atribuição do terceiro lugar, jogado antes, a Holanda derrotou a Suécia por 24-21.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.