A seleção portuguesa masculina de andebol disputará o torneio pré-olímpico com Noruega, Hungria e Tunísia, com vista ao apuramento para os Jogos Olímpicos Paris2024, após hoje ter terminado o campeonato africano da modalidade.

O fim do Africano, com a vitória do Egito sobre a Argélia (29-21) na final e da Tunísia no jogo pelo bronze, permitiu ‘emparelhar’ dois dos três pré-olímpicos, com Portugal no terceiro grupo com a Noruega, anfitriã, a Hungria e a formação tunisina.

As duas primeiras equipas de cada ‘poule’ são apuradas para Paris2024, com Portugal a procurar repetir a presença conseguida em Tóquio2020 no torneio, marcado para decorrer de 14 a 17 de março.

Os noruegueses foram sextos no último Mundial e são, na teoria, o adversário mais complicado, ainda que Portugal tenha vencido o último encontro, no Euro2024, por 37-33.

A Hungria, oitava no último Campeonato do Mundo, fechou o último Europeu em quinto, com Portugal em sétimo, e a Tunísia venceu hoje Cabo Verde na luta pelo bronze no torneio africano (35-28).

Estão já apuradas para os Jogos Olímpicos a França, anfitriã de Paris2024, a Dinamarca, campeã do Mundo em título, a Argentina, campeã pan-americana, o Egito, campeão africano, e o Japão, campeão asiático, a que se somará no domingo Suécia ou Alemanha, que disputam o bronze do Euro2024, já que na final estão franceses e dinamarqueses.

Nos restantes pré-olímpicos, Espanha, Eslovénia, Bahrein e Brasil disputam mais duas vagas num dos torneios, com Suécia ou Alemanha a juntarem-se a Croácia, Argélia e Áustria no segundo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.