O selecionador português de andebol, Paulo Jorge Pereira, assumiu hoje a indiferença sobre o sorteio para o torneio olímpico de Tóquio2020, reiterando a ambição de chegar às medalhas, depois do objetivo de atingir os quartos de final.

“O nosso objetivo é conseguirmos passar a primeira fase, ficando nos quatro primeiros lugares do grupo, seguindo-se essa parte, o nosso objetivo será as medalhas”, afirmou o selecionador luso, em declarações reproduzidas pela Federação de Andebol de Portugal (FAP).

A seleção portuguesa, que conseguiu a inédita qualificação para uma modalidade coletiva de pavilhão, vai defrontar Dinamarca, campeã olímpica em 2016 e do mundo em 2019 e 2021, Suécia, vice-campeã mundial, Japão, Egito e Bahrain, no Grupo B do torneio de andebol masculino.

Andebol: Portugal defronta Dinamarca, Suécia, Japão, Egito e Bahrein no Torneio Olímpico
Andebol: Portugal defronta Dinamarca, Suécia, Japão, Egito e Bahrein no Torneio Olímpico
Ver artigo

“Quando existe um sorteio com equipas fortes acaba por ser sempre parecido ficarmos num grupo ou noutro. Vamos jogar, da mesma forma, como se estivéssemos no Grupo A, porque cada equipa tem a sua especificidade e nós queremos ser competitivos com todas”, explicou Paulo Jorge Pereira.

A fase de grupos vai ser disputada entre 24 de julho e 01 de agosto, avançado os quatro melhores colocados para os quartos de final, marcados para 03 de agosto, seguindo-se meias-finais e final, em 05 e 07 de agosto, respetivamente.

Portugal tem um histórico de embates negativo frente a Dinamarca, três derrotas nos jogos já disputados, Suécia, um triunfo, no Europeu de 2020, contra três desaires, e Egito, um empate e uma derrota, tendo vencido o Japão no único encontro entre as duas seleções.

“O Japão mostrou uma altíssima qualidade no Mundial, assim como Dinamarca, Suécia e Egito”, realçou Paulo Jorge Pereira, apontando como prioridade a qualificação para o Europeu de 2022, no final de abril e no início de maio.

“Primeiro temos ainda uma qualificação para o Campeonato da Europa para terminar e é nisso que estamos focados, neste momento, só após estes dois jogos é que viraremos as atenções para os Jogos Olímpicos e oxalá consigamos escrever história”, concluiu.

Na qualificação para o campeonato continental, para o qual avançam diretamente os dois primeiros colocados de cada um dos grupos, Portugal lidera o Grupo 4, com seis pontos, mais dois do que a Islândia, e vai encerrar esta qualificação com a visita a Israel, em 28 de abril, e a receção à Lituânia, no dia 02 de maio.

Portugal alcançou o inédito apuramento para Tóquio2020 ao ganhar por 29-28 à vice-campeã olímpica França, na derradeira jornada do torneio de qualificação europeia, em Montpellier, com um golo nos últimos segundos do jogo marcado pelo central Rui Silva.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.