A seleção portuguesa de andebol em cadeiras de rodas apurou-se hoje para as meias-finais do Europeu da categoria, a decorrer em Zagreb, na Croácia, onde defende o título conquistado em Leiria, em 2018.

Portugal, que terminou em primeiro lugar o Grupo B, com triunfos frente à Eslovénia, por 16-2, e Holanda, por 11-6, vai defrontar a Hungria, segunda classificada do agrupamento A, nas meias-finais, no domingo, antes dos encontros da final e de atribuição do terceiro lugar.

“Após 2018, assumimos que o mais difícil era manter o nível a que chegámos, por isso, até este momento estamos a dar continuidade ao que conquistámos, assim sendo, sentimo-nos muito bem com as vitórias e queremos ganhar a meia-final”, disse o selecionador Danilo Ferreira.

A renovação do título conquistado em Leiria, ainda de acordo com Danilo Ferreira em declarações aos canais de comunicação da Federação de Andebol de Portugal (FAP), “é um objetivo”.

“Contudo, temos a consciência que teremos muitas dificuldades para renovar o título, mas os portugueses podem ter a certeza que poderão ter orgulho porque vamos fazer tudo para sermos campeões”, disse ainda o selecionador.

A outra meia-final será disputada entre a anfitriã Croácia, que venceu o Grupo A, e a Holanda, segunda no B.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.