Os selecionadores de Japão, Suécia e Dinamarca, adversários de Portugal no torneio de andebol masculino dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para este verão, perspetivaram hoje um grupo B difícil, mas entusiasmante, incluindo também Egito e Bahrain.

"Os jogos com Suécia e Egito serão muito difíceis, enquanto Portugal é provavelmente uma das seleções mais entusiasmantes no mundo de momento", descreveu o selecionador dinamarquês Nikolaj Jacobsen, citado pela Federação Internacional de Andebol (IHF).

Segundo o técnico, a campeã olímpica em 2016 e mundial em 2019 e 2021 tem "boas hipóteses de avançar para os quartos de final".

Menos otimista é o sueco Glenn Solberg, que lembrou as credenciais dos adversários, incluindo Portugal, que os bateu por 10 golos (35-25) no Euro2020.

"O objetivo será chegar aos quartos de final, e temos boas perspetivas. Depois disso, será difícil seja contra quem for", explicou.

O selecionador do anfitrião Japão, Dagur Sigurdsson, descreve a ‘poule' como "muito difícil" para os nipónicos.

"Estarão aqui as melhores 12 seleções do mundo, mais coisa menos coisa. Será muito atrativo para os adeptos japoneses, especialmente um jogo como contra a Dinamarca", considerou.

Antes, o selecionador português considerou que o objetivo é conseguir "passar a primeira fase", o que conseguem ficando nos primeiros quatro lugares, e depois "as medalhas".

"Quando existe um sorteio com equipas fortes acaba por ser sempre parecido ficarmos num grupo ou noutro. Vamos jogar, da mesma forma, como se estivéssemos no Grupo A, porque cada equipa tem a sua especificidade e nós queremos ser competitivos com todas", explicou Paulo Jorge Pereira, em declarações reproduzidas pela Federação de Andebol de Portugal.

A seleção portuguesa, que conseguiu a inédita qualificação para uma modalidade coletiva de pavilhão, vai defrontar Dinamarca, campeã olímpica em 2016 e do mundo em 2019 e 2021, Suécia, vice-campeã mundial, Japão, Egito e Bahrain, no Grupo B do torneio de andebol masculino.

A IHF revelou hoje os jogos da fase de grupos, com a ‘armada' lusa a abrir com o Egito, seguindo embates com Bahrain, Suécia e Dinamarca, encerrando a fase contra os anfitriões, no dia 01 de agosto.

Avançam os quatro mais bem colocados para os quartos de final, marcados para 03 de agosto, seguindo-se meias-finais e final, em 05 e 07 de agosto, respetivamente.

Portugal alcançou o inédito apuramento para Tóquio2020 ao ganhar por 29-28 à vice-campeã olímpica França, na derradeira jornada do torneio de qualificação europeia, em Montpellier, com um golo nos últimos segundos do jogo marcado pelo central Rui Silva.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.