Nem tudo foi mau no Campeonato da Europa de andebol. Apesar de Portugal ter empatado o último jogo com os Países Baixos (33-33) e ter ficado de fora da disputa pelo quinto lugar devido ao improvável triunfo da Eslovénia contra a Dinamarca, hoje recebeu uma grande notícia.

A Islândia venceu a Áustria por 26-24, no Grupo A da "Main Round", o que permitiu a Portugal terminar o Europeu no sétimo lugar e conquistar a respetiva vaga no torneio pré-Olímpico que dá acesso aos Jogos deste ano.

A sétima posição conquistada nesta edição do Europeu, que se disputa na Alemanha, foi a segunda melhor prestação de sempre em campeonatos europeus, depois do sexto posto em 2020.

"Tal como nós desde o início perseguimos, [o nosso objetivo] era a qualificação para o torneio pré-olímpico, portanto, estamos muito felizes", disse o selecionador português.

Em declarações reproduzidas no site da Federação de Andebol de Portugal (FAP), Paulo Jorge Pereira mostrou-se ainda orgulhoso por, novamente, "ter uma seleção portuguesa a lutar por um lugar nos Jogos Olímpicos pela segunda vez consecutiva".

"Vamos fazer tudo para nos qualificarmos novamente. É uma montanha muito grande de escalar, mas nós, em Portugal, temos alpinistas de referência e, por isso, vamos aprender com eles a escalar coisas muito difíceis, com fado ou sem ele. Vamos lutar até à exaustão para o conseguir”, garantiu.

A seleção portuguesa de andebol estreou-se em Jogos Olímpicos em Tóquio, em 2021, depois de passar igualmente um torneio pré-olímpico.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.