A seleção portuguesa de andebol de sub-21 atingiu hoje as meias-finais do mundial do escalão pela segunda vez, 24 anos depois, ao vencer a Eslovénia nos quartos de final, por 26-25, em Pontevedra, Espanha.

Depois de ter feito história nos ‘oitavos’, ao surpreender a poderosa seleção alemã, campeã do Mundo da categoria em 2009 e 2011, os atletas de Nuno Santos até foram para o intervalo em desvantagem (13-14), mas impuseram-se nos segundos 30 minutos para superam um adversário, que já por duas vezes foi terceiro classificado na competição, em 2003 e 2009.

Apesar de ter ficado pelo caminho, o eslovaco Gregor Ocvirk foi o melhor marcador do encontro, com 13 golos em 17 tentativas.

Gonçalo Vieira, com sete tentos, e Jenilson Moteiro e Diogo Silva, ambos com cinco, tiveram um papel importante no desfecho vitorioso, que coloca agora Portugal no caminho da Cróacia nas meias-finais, enquanto o Egito e a França disputam outra vaga na final.

Portugal foi semi-finalista em 1995, ano em que terminou a prova no terceiro lugar, ao bater a Noruega por 24-23, no jogo do ‘bronze’, enquanto a Croácia nunca acabou no pódio, sendo quarta colocada em 2007 e 2013.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.