A seleção portuguesa de andebol feminino voltou hoje a vencer a Eslováquia, por 23-21, na quarta jornada do Grupo 5 de qualificação para o Europeu de 2022, aumentando a expectativa de apuramento para a fase final.

Três dias depois de se ter imposto às eslovacas, por 24-21, em Paredes, Portugal repetiu a ‘dose’ em Topolcany, na Eslováquia, graças a uma segunda parte de grande nível, na qual recuperou da desvantagem de 14-12 ao intervalo, muito por força dos seis golos marcados por Maria Pereira.

A seleção nacional manteve-se no terceiro lugar do grupo, agora com quatro pontos, atrás da Hungria e da Espanha, que totalizam seis pontos e com as quais perdeu nas rondas anteriores por 34-24 e 23-22, respetivamente, enquanto a Eslováquia ocupa a última posição, ainda em ‘branco’ e já eliminada.

A equipa liderada pelo selecionador José António Silva recebe a Hungria em 20 de abril e desloca-se a Espanha três dias mais tarde, em dois desafios que decidirão as duas equipas qualificadas para o Europeu de 2022, cuja fase final se realiza na Eslovénia, Macedónia do Norte e Montenegro, entre 04 e 20 de novembro.

Após um início equilibrado, com vantagens mínimas para as duas equipas até ao parcial de 4-4, a Eslováquia beneficiou da exclusão de Bebiana Sabino para se distanciar (7-4), mas duas exclusões na equipa visitante permitiram que Portugal voltasse à liderança (9-8).

A seleção anfitriã conquistou uma vantagem de quatro golos (14-10) na reta final da primeira parte — a maior até essa altura -, aproveitando a fase de maior desacerto da equipa lusa, que reagiu e conseguiu reduzir para 14-12, estabelecendo o resultado ao intervalo.

Portugal recuperou a concentração defensiva na segunda parte, o que, aliado à ineficácia atacante do adversário (que esteve mais de 13 minutos sem marcar), permitiu à formação das ‘quinas’ voltar a comandar o marcador, conquistando a sua maior vantagem quando chegou a 22-18.

A Eslováquia ainda reduziu a diferença para apenas um golo (22-21), mas a guarda-redes portuguesa, Isabel Góis, impediu que alguns erros defensivos cometidos pelas suas colegas na reta final da partida pudessem comprometer o precioso triunfo.

Ficha de jogo

Jogo em Topolcany, na Eslováquia.

Eslováquia — Portugal, 21-23.

Ao intervalo: 14-12.

Sob a arbitragem de Ante Mikelic e Petar Paradina, da Croácia, as equipas alinharam e marcaram:

– Eslováquia (21): Adriana Medvedova, Marianna Rebicova, Martina Popovcová (1), Barbora Lancz (2), Erika Rajnohová, Vladimira Bajciová (4), Viktoria Gyoriova, Adriana Holejová (1), Simona Szarková, Nikoleta Trúnková (6), Bibiana Stefaniková (4), Karin Bujnochova e Réka Bíziková (3).

Treinador: Peter Pcola.

– Portugal (23): Isabel Góis, Anaís Gouveia (1), Sandra Santiago (1), Carolina Monteiro (4), Bebiana Sabino (4), Patrícia Lima (2), Maria Pereira (6), Patrícia Rodrigues, Beatriz Sousa (1), Ana Carolina Silva, Mégane Ribeiro (2), Joana Resende (1), Mihaela Minciuna (1), Jéssica Ferreira e Adriana Lage.

Treinador: José António Silva.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.