O treinador do Benfica, Chema Rodríguez, gabou hoje um feito que “ficará para sempre na história do andebol português” e do clube, depois de os ‘encarnados’ vencerem o anfitrião Mudhar no arranque da Super Globo (39-27).

“Estávamos nervosos, mas depois demos a volta e voltámos a fazer história. Ficará para sempre na história do andebol português e do Benfica. Amanhã [quinta-feira], vai ser uma partida muito dura e estou certo de que será complicado”, analisou, citado pelos ‘encarnados’.

O Benfica, detentor da Liga Europeia, estreou-se hoje no Mundial de clubes, uma inédita participação portuguesa, com um triunfo confortável, decidindo quinta-feira, com os egípcios do Al Ahly, a passagem às meias-finais da prova.

Neste jogo ‘tranquilo’, com uma larga margem de 12 golos na frente, Rodríguez viu ainda assim uma contenda “complicada”, típica de “torneios assim” e logo frente ao anfitrião.

Ainda assim, o objetivo “é estar nas meias-finais”, e espera conseguir selar o feito na quinta-feira, agradecendo aos adeptos das ‘águias’ o apoio no pavilhão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.